sexta-feira, 15 de maio de 2009

Eu precisava fazer esse texto ..

Era uma vez ..
Uma mulher muito ocupada, que tinha uma filha e um marido, e seu pai que ainda estava vivo.
Ultimamente, ela só andava trabalhando, trabalhando, trabalhando, e nunca podia dar carinho, atenção ou algo a mais de patadas, brigas ou ordens para sua família.
Até que um dia, seu pai teve uma idéia. Ele lhe deu uma planta de aniversário. Uma linda, magnífica com flores esplêndidas dignas de elogios perante todos que a vissem e lhe disse :
- Filha, este é meu presente para você, gostou?
- Lógico pai, é maravilhosa! - Respondeu ela.

E os dias foram passando, e em questão de uma semana a planta morreu.
A mulher foi muito triste contar para o pai.
- Pai, a plantinha do senhor ja morreu, vai reclamar com o jardineiro que você comprou, ele deve ter feito alguma coisa errada para ela morrer tão rápido.
O pai com toda serenidade lhe disse como se já estivesse esperando que tal fato acontecesse :
- Filha, você deu luz para ela?
Ela não respondeu. Apenas abaixou a cabeça e consentiu.
- Filha, você deu água para ela?
Novamente ela repetiu o ato, e seu pai continuou falando ..
- Filha, você gostava da companhia dela com você?
- Lógico pai, ela me fazia muito bem!
- Filha, as coisas que você gosta, você tem que cuidar, dar atenção, carinho, porque elas só estarão com você, te fazendo bem na medida que você faz isso por elas também. É assim com a sua família também, com sua filham seu marido. Trate-os bem, você não sabe até quando eles estarão firmes e fortes mesmo sem os seus cuidados, porque até um simples objeto de decoração gosta de ser elogiado.

1 comentários:

Aquela tal de brito disse...

os tempos modernos de chaplin chegaram, as pessoas ja nao tempos para as outras mesmo amado elas.
com isso muito se perde
tem pessoas que só dão valor quando perdem... infelizmente tem gente assim.

beeeijos;*

 
::: Template e Layout by Blografando ::: Distribuito da Adelebox :::